É uma condição benigna que representa uma forma clínica específica da ceratose seborréica. Pode atingir qualquer pessoa, sendo mais freqüente em negros e mulatos, e no sexo feminino.

O surgimento das lesões pode se iniciar ainda na juventude mas é mais comum o aparecimento das primeiras lesões na idade adulta.

As lesões são pequeninas, elevadas, de cor marrom escuro ou preta, atingindo principalmente a face e o pescoço. São assintomáticas e começam formando pequeninos pontos 2 a 5 milímetros de diâmetro. Novas lesões vão se formando ao longo da vida e, pode atingir um grande número, o que provoca desconforto estético devido ao aspecto de pele manchada.

O tratamento da dermatose papular nigra é simples e traz excelentes resultados estéticos, quando adequadamente indicado e realizado. Consiste na destruição das lesões, que pode ser obtida através da cauterização química ou criocirurgia com nitrogênio líquido ou eletrocoagulação.