O Cooltech, criolipólise de última geração, apresenta ótimos resultados por apresentar uma ponteira maior e dois aplicadores. Assim, ele permite tratar uma área mais abrangente do seu corpo e ainda duas regiões ao mesmo tempo. O resultado é a redução de até 25% de gordura localizada sem a necessidade de intervenção cirúrgica. De forma bem simples, funciona assim: durante o processo de congelamento, a membrana das células de gordura sofre modificação na sua estrutura. Com esta mudança, a células passam a não ser mais reconhecidas pelo organismo. Em seguida, como forma de anulá-las, as células de defesa do corpo entram em ação para metabolizar essas células de gordura “irreconhecíveis”. Dessa forma, durante um período de 2 a 3 meses, o seu próprio organismo vai destruindo as gordurinhas que foram congeladas. Mas, vale lembrar que a criolipólise não é um método que todos podem ser submetidos. Há contra indicações e um médico conhecedor da tecnologia deve examinar o paciente antes do procedimento para que tudo ocorra bem. Alergia, sensibilidade e doenças relacionadas ao frio, como Doença de Raynaud; cirurgia recente; diabetes e uso de anticoagulantes; gestação; doenças auto imunes e hérnia abdominal, são algumas das restrições.